Introdução alimentar método BLW : relato de uma experiência 

Bom dia, mamães ! O assunto de hoje é um texto escrito enviado pela querida Carolina Felten, que participou do Bate papo sobre Introdução Alimentar /método BLW, organizado  pelo Clube de Mães em outubro desse ano. A partir desse bate papo super bacana com a nutricionista Fabíola Frezza, que conduziu a aula e ensinou todas as técnicos do BLW, a  Carol decidiu iniciar a introdução complementar do Inácio utilizando as dicas do nosso bate papo! E veio contar aqui para nós como está sendo esse momento!

Espero que curtam a leitura!

Um abraço, Tanise

“Oi moms!

Vim aqui pra dividir com vocês um pouquinho da loucura que foi a Introdução Alimentar do Inácio!

Algumas pessoas disseram que a maternidade me transformou numa pessoa mais tranquila, sem tantos estresses ou neuras… Isso até seria verdade se não fosse a temida Introdução Alimentar!

Perto do Inácio fazer 6 meses comecei a entrar em pânico com a possibilidade dele comer.

O que eu ia dar?! Quanto eu ia dar?! Como eu ia dar?! O que pode?! E (pior) o que não pode?!

Nós sempre tivemos ótimos pediatras, mas com a quantidade de informação que temos hoje, nós mamães, muitas vezes já chegamos com diretrizes super recentes o que faz com que nem sempre os amados pedis nos tirem todas as dúvidas…

Por sorte minha, nessa época de loucura, loucura, loucura tive a oportunidade de participar de um workshop sobre introdução alimentar que o CdM organizou e isso me ajudou um monte a por os pés no chão e a mão na massa!!!

  
Eu já tinha lido bastante sobre o tema e depois do workshop me senti mais segura para tentar o BLW! (Baby led weanig)

Nem preciso dizer que foi um chuá de ” oooo queeee?”, “tu tá louca?” e “nem pensar!” A minha mãe chegou a dizer que “não fariam essa barbaridade com o neto dela!” Hehehe

Mas lá fomos nós!!!! Com um pedaço de banana e muita fé!!!!

Pra minha alegria ele pegou! E comeu!!! ( tá! Nem tanto) Mas largou… Eu amassei e ofereci com a colherinha e ele comeu! ( e cuspiu)!

O segundo foi melhor, o terceiro…. Pior! E assim nós estamos indo!

Cada dia eu descubro um pouco mais do filhote! Nesse primeiro mês de IA já aprendemos muito, especialmente eu a conhecer mais o meu bebê!!

Já percebi que o papá precisa ser antes do mamá e num horário que não coincida com o sono; que nem sempre ele vai comer; que ele pode não gostar hoje e amanhã comer com gosto, ou vice versa… Estamos nos ajustando a novos horários, novas rotinas!

Nesses 30 dias fui substituindo a ansiedade do temquecomer x jeuscristovaiseengasgar pelo prazer de ver ele aceitando alimento, de fazer receitas que ele possa comer também, pela possibilidade de eu conhecer e provar novos alimentos!”

Apesar de eu ter apostado no blw aqui não está descartada a colherinha!!! Comemos inteiro, amassado, fazemos papinhas de frutas!! Tudo depende do dia, da onde estamos, da disposição do Inácio, ( da minha, não nego) !!

Fui exorcizando as neuras, me empodeirando da minha situação de mãe para sentir o que e quando era melhor pro meu filho, sem certos ou errados, fui me deixando aprender a conhecer meu bebê e a terrível Introdução Alimentar se transformou num momento delicia, super prazeiroso e divertido pra nós dois!

Agora é só esperar ele “bater aquele prato”! Mas nós chegamos lá!!! 🙂
Beijos, Carol”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s